domingo, dezembro 09, 2012

A ascenção de Hitler

Muitos se perguntam como que a Alemanha foi apoiar um zé-ruela como o Hitler.  Fala-se da capacidade que ele tinha de fazer discursos, sugere-se até uma certa ingenuidade da população, principalmente entre os grande industriais que deram muito dinheiro para o partido Nazista.

O que se ignora é que na década de 30 os horrores da revolução bolshevik eram amplamente conhecidos na Europa e nos EUA, muitas pessoas tinham parentes e amigos que estavam naquele exato momento sendo torturadas pelo Stálin.  A propaganda comunista apagou da história os crimes do Stálin, hoje somente os que se interessam conseguem descobrir através de livros o que se passou na Rússia, as mortes, a tortura, o horror puro e simples. E o próximo alvo de Stálin era a Alemanha, inclusive com uma tentativa fracassada de golpe pelo Partido Comunista Alemão. Ou seja, o perigo era real, e não o perigo de perder o luxo burguês, o perigo era de ser torturado e morto de fome e frio.

Os Nazistas nunca conseguiram ter mais apoio de mais de 1/3 da população, mas eles só conseguiram chegar ao poder porque muitos pensavam que entre os Nazistas e os Comunistas dos males o menor. E por mais incrível que pareça, se compararmos Hitler e Stálin os crimes do primeiro, que já são uma enormidade atroz, foram menores que do segundo.