terça-feira, setembro 17, 2013

O poder judiciário

O principal fator de desenvolvimento dos EUA foi a segurança jurídica. No século XVIII os EUA eram mais pobres que a America Latina, porém, a segurança jurídica protegeu os pequenos investidores do status quo, o que permitiu que o país desenvolvesse e se reinventasse.

No Brasil se passa o contrário, o pequeno investidor que não tem amigos no governo e nas cortes é sistematicamente roubado pelos donos do poder, que por sua vez nunca precisam responder por seus atos.

Fala-se muito do executivo e principalmente do legislativo, mas esses dois poderes, apesar de péssimos, ainda tem que dar alguma satisfação à sociedade, já o judiciário é uma caixa preta, perdido nos seus rituais arcaicos e a sua tradição bacharelesca, o judiciário só deve satisfação aos donos do poder.