quarta-feira, dezembro 10, 2014

Custo de oportunidade

O Brasil ficou anos discutindo o novo modelo de partilha do pré-sal. A Petrobrás voltou a estatizar todo o processo de extração. Os deputados conseguiram arrancar o dinheiro dos royalties dos estados produtores para os estados que não tem nada a ver com o assunto.
Enquanto isso nos EUA, devido a falta de estatais e falta de regulamentação, as empresas chegaram nas reservas e começaram a produzir gas de xisto e pronto, agora o pré-sal é econômicamente inviável, pois o valor do barril do petróleo é inferior ao custo de extração do pré-sal.