sexta-feira, maio 01, 2015

CEO's genericos

Acredito que o grande diferencial do Steve Jobs é que ele realmente entendia do que fazia e exercia uma liderança baseada em conceitos que ele acreditava.  Muitos CEO's chegam a essa posição mais porque sabem manipular a política interna da empresa do que por algum talento em administrar o negócio.

Veja o caso da Comcast. Eles resolveram fazer um merge bilionário com a Time Warner Cable, só que ao mesmo tempo a divisão de atendimento ao consumidor estava tentando bater metas de arrecadação, o que gerou várias histórias de terror de como o serviço deles é horrível, a Comcast é uma das empresas mais odiadas dos EUA.  Já a divisão de infraestrutura estava tentando bater metas cobrando o Netflix pela conectividade da rede, justo no momento em que a neutralidade na rede estava sendo discutida.

Cada divisão estava tentando maximizar os seus resultados, cada diretor é responsável só pelo seu resultado e não pelo objetivo maior da empresa. Essa falta de visão fez com que a fusão fosse suspensa pelo governo americano e fez também FCC baixar uma regulamentação muito mais rigorosa para manter o Net neutrality.  Uma empresa com visão iria aceitar um aumento de custo no atendimento do cliente para melhorar a sua imagem antes de tentar se tornar um semi-monopólio.