quinta-feira, agosto 13, 2015

A crise não começou

Os EUA ainda vão aumentar os juros, o Brasil ainda vai perder o investment grade. As pessoas que foram demitidas ainda estão vivendo do seguro desemprego e do FGTS. O país não tem mais governo e ninguém acredita na Dilma ou no PT, o investimento foi para cucuia.

A crise vai vir pesado ano que vem.

Existe um movimento para fazer um intervenção branca e salvar o mandato da Dilma. O pior problema do Brasil é que os políticos são muito burros, em vez de estancar a crise e tentar salvar o país, o PMDB e o PSDB embarcam em mais uma canoa furada. O governo tem medo das manifestações do dia 16, mas a classe política devia ter medo das manifestações de 2016. Por enquanto as pessoas estão com a raiva focada no PT, no futuro essa crise pode abalar toda a classe política.

Esse seria o momento para ter uma alternância de poder, de se trocar essa muvuca de partidos de esquerda (o PSDB é um partido de esquerda) por um partido de direta, pró livre-mercado, porém isso não existe no Brasil. O perigo é que no vácuo do poder seja eleito algum aventureiro, como Collor, Jânio, Syriza, etc