domingo, outubro 04, 2009

Viagem para San Francisco - Primeiro dia

A recomendação de chegar duas horas antes do voo é realmente importante, entre a chegada em Guarulhos e terminar de preencher o formulário de imigração passou-se 1h30m: Check-in, declaração de saída de bens, passar pelo raio-X, preencher o formulário de imigração e "Passageiros do voo 906 para Miame..."

O Avião é um Boing 777, acho que é o mesmo que eu voei para New York. É bem confortável, muito melhor do que o Airbus da TAM que eu voei para Belém.

No avião eu sento na primeira fileira da classe econômica, um lugar bem legal porque da para esticar as pernas e sentir inveja das pessoas da primeira classe. Do meu lado senta uma família simpática: pai, mãe, uma menina grande e um menininha de 1 ano e alguns meses. O bêbe sorri para mim como um anjinho.

Atrás de mim está um pai com uma menina de uns 4 anos, a menina quer subir na poltrona, o pai fica falando: "Fulana, a gente conversou que você tinha que se comportar no avião", a fulinha resolve ficar zanzando no corredor, o bebê do meu lado está fazendo a festa e sorrindo.

Chega a hora do embarque, o pai consegue fazer a menina se comportar, o problema é com o bebê, quando a mãe pega ele no colo o anjinho é possuído por alguma criatura infernal porque ele começa a berrar e a se contorcer. Acho que a criatura possuída berra por uma hora e meia, alternando espasmos histéricos e momentos de tranquilidade quando aparecia algo que a distraía ou quando a mãe enfiava algum alimento nela.

O pai fala com o bebê para aliviar o sofrimento dele, porém, dava para ver que o comportamento da criança era completamente proposital porque ela não chorava, ela berrava e se contorcia para sair do colo. Depois de uma hora de berros a mãe colocou a criança no chão e ela parou de gritar, o que comprova que não era sofrimento por causa de qualquer coisa, mas puro mimo. Essa pausa deve ter durado uns 10 minutos porque o demoninho de rosa queria sair de perto da poltrona dos pais e zanzar pelo avião. Ela chorou e berrou até que a mãe passeou com ela pelo avião. Mas foi uma curta pausa porque o bebezinho queria zanzar na primeira classe e o passeio acabou. E mais berros até que a meninha ficasse sem a sua energia demoníaca e dormisse.

Assisti Era do Gelo 3 quase interiro no avião, é bastante legal, o forte do filme é o humor físico e a qualidade da animação.