terça-feira, setembro 01, 2015

Duas crianças

A correspondente da CBN na Venezuela  conta que pela primeira vez em dois meses ela conseguiu comprar uma lata de leita em pó. Falta fraldas para crianças e para idosos.

Mas o pior é a falta de medicamentos. A correspondente disse que o filho de 5 anos de uma amiga morreu porque não havia medicamentos para fazer uma cirurgia. E olha que não falta médico cubano lá, falta todo o resto.

Isso me fez lembrar a história de uma família Russas que foi deportada para a Sibéria. As pessoas eram transportadas em vagões para gado. Os país tentavam cuidar da criança, eles tinham que tirar as fraldas sujas e deixar secar para depois remover os excrementos secos e usar de novo. Mas a criança deve febre, e obviamente não havia remédios e a criança morreu de convulção. O corpo foi jogado para fora do trem e deixado para apodrecer mas estepes.

Todo socialista é um cúmplice na morte dessas duas crianças.