sexta-feira, agosto 26, 2016

O problema é a Islamofobia

Mais do que uma religião, o Islamismo é um movimento imperialista que surgiu na Arábia. Andes de Mohamed o oriente médio era uma região onde predominava o Cristianismo no Palestina, Síria, Líbano, Iraque, Anatólia (atual Turquia) e na Pérsia havia o Zoroastrismo, uma das religiões mais antigas do mundo.

O movimento islâmico escravizou todos os povos a sua volta e destruiu culturas milenares.

Por isso não me venham falar de Islamofobia, ou de religião de paz. Você pode ter boas pessoas que seguem o Islamismo, como deveria ter boas pessoas que eram Nazistas, mas o Islamismo em si é o segundo movimento político que mais matou no mundo, perdendo somente para o Comunismo.

E que até hoje oprime as populações dos lugares em que se instalou e onde as liberdades individuais não existem. Não existem países islâmicos, existem países tomados pelo islamismo e que uma pequena elite de clérigos explora e oprime a população local.

(Foto: Anúncio em revista Iraniana antes da volta do Islam)