terça-feira, agosto 26, 2014

3 pensamentos

O bolivarianismo é algo inevitável no Brasil pois a minha geração foi educada para isso. As pessoas odeiam a livre iniciativa e idolatram o estado. A campanha eleitoral se torna uma competição de quem promete mais benesses. As pessoas não querem ser livres, elas querem o escravo mais obediente que ganha os presentes do sinhôzinho.

O PT estragou o seu projeto autoritário de poder por própria incompetência, a Marina surge como a nova face desse projeto. Os descolados, os que não tem que trabalhar para sustentar a própria família se entusiasmam pelo misticismo e por ter alguém para votar sem parecer conservador. O importante não é o que o candidato diz, mas parecer cool na festinha da facul.

Tudo começa com um candidato que oferece soluções fáceis e termina com controle biométrico para permitir a compra de papel higiênico.