sexta-feira, julho 29, 2005

Os Macacos Gordos de Cara Feia


Muitas espécies tem entrado em processo de extinção devido à ação do homem, seja pela caça indiscriminada e destruição de seus habitats. O Macaco Gordo de Cara Feia (Simium obesus) é uma excessão. Ele vive numa montanha no meio da selva, sem contato nenhum com o homem. Alguns pesquisadores acreditam a toda a culpa de sua extinção é dos próprios Macacos Gordos.

O Macaco Gordo passa metade do seu tempo procurando comida, mas a outra metade do tempo eles ficam se chateando mutuamente. Eles ficam andando de maneira abobalhada de um lado para o outro e fazendo o ruído típico: "Uh-Uh". Além disso, sempre que pode um membro da espécie cutuca outro membro. Nínguem sabe o que mantém os grupos de macacos coesos, o que se sabe é que eles ficam tristes quando estão sozinho. Alguns pesquisadores dizem que eles sentem falta de alguém para chatear, mas isso não foi comprovado.

O que dificulta a reprodução deste curioso símio é um comportamento estranho entre os machos e as fêmeas, como se eles não se suportassem. Alguns pesquisadores sugeriram dar álcool para os bichos para ver se isso resolve o problema. Mas os ecologistas rejeitaram veementemente esta sugestão.

Pesquisadores mais exaltados afirmam que é um milagre um bicho tão idiota ainda não estar extinto e indicam o Simium obesus como um exemplo na qual a evolução não funcionou muito bem, o que atraiu a atenção de grupos criacionistas para a vida desta criatura singular.