quinta-feira, setembro 08, 2005

Orgasmo feminino

Achei um artigo muito interessante sobre orgasmo feminino, não só interessante, como também instrutivo. A primeira descoberta é que a parte do clitóris que fica para fora é só a ponta de um orgão maior, além disso existem mais quatro pernas, como uma aranha, duas delas crescem por dentro, acompanhando os lábios. As outras duas seguem para o interior, acompanhando a uretra, até quase a bexiga.

Tal configuração do clitóris fez com que Masters e Johnson propusessem que o clitóris é o único responsável pelo orgasmo feminino, as pernas internas próximas da ureta seriam a explicação para o ponto G. Porém além do clitóris existe outro orgão, chamado glândulas de Skene que poderia ser o responsável.

Mas antes de discutir essas glândulas é preciso falar um pouco de desenvolimento fetal. Durante as primeiras semanas de vida o desenvolvimento do feto é igual para meninos e meninas, somente o cromossomo X age, o Y só se ativa depois. Nesse inicio já surgem algumas estruturas como por exemplo os mamilos, que no caso dos homens vira uma coisa inútil depois. Outra estrutura que surge é o clitóris, que nos homens dá se desenvolve sobre a ação dos genes do cromossomo Y e dá origem ao pênis, mas nas mulheres fica um orgão sub-desenvolvido, mas que não é tão inútil como o mamilo masculino, pois é um grande responsável pelo orgasmo feminino.

Mas voltando às glândulas de Skene, elas são o equivalente nas mulheres à prostata masculina, inclusive elas podem se encher de líquido e e provocar a ejaculação feminina, e tais sejam elas as responsáveis pelo ponto G, não o clitóris. Mas elas variam muito de tamanho de mulher para mulher, o que explica o fato de algumas terem orgasmo com penetração e outras não.

Por fim existe a questão da função biologica do orgasmo feminino, que aparentemente é nenhuma. O orgamos masculino está fortemente ligado à ejaculação e portanto à reprodução, mas o orgasmo feminino não possui nenhuma função reprodutiva, se tivesse as mulheres que não tem orgasmo teriam dificuldade para reproduzir, e portanto não passariam tais genes para frente, mas o fato de um quarto das mulheres terem dificuldade para atingir o orgasmo mostra que isso não ocorre.

Não ter uma função biológica não implica que ele não tenha nenhuma função. Estudos do comportamento dos macacos Bonobos, que são o único primata além do homem cujas fêmeas gozam, mostra que o orgasmo feminino faz com que as fêmeas copulem fora do período de cio, o que aparentemente aumenta a integração social do grupo e diminui os níveis de violência.

Por fim estudos indicam que existe uma terceira região que pode levar uma garota ao orgasmo, é a regição no fundo da vagina, perto do colo do útero. Essa região possui diversas terminações nervosas, mas o seu funcionamento ainda não é compreendido. Mas se isso for verdade, existem duas implicações: primeiro, "mede fundo" não é algo que as garotas dizem somente por questõs psicológias, e principalmente, tamanho importa.